16/07/2024

Bocudo News

Magazine Digital

Trem bate em ônibus em Brasília e deixa 1 morto e 5 feridos (vídeo)




Uma colisão entre um ônibus e um trem, numa pssagem de nível urbana, localizada nas proximidades do Setor de Indústrias e Abastecimento (SIA) e Setor de Cargas, deixou uma vítima fatal e 5 feridos.

O local é de grande tráfego de veículos, e, embora tenha sinalização, não existe cancela para controlar o tráfego no local. Não raras as vezes, o local apresenta contenções e engarrafamentos devido ao alto numero de veículos que ali trafegam.

O momento da colisão. (fonte: Internet)

 

Hoje, a tragédia anunciada aconteceu. Um ônibus que estava sobre os trilhos, com a aproximação do trem de carga, carregado de bauxita, com 102 vagões, não conseguiu sair a tempo e a colisão foi inevitável. Com a força da pancada, a passageira Julia de Albuquerque Violato, de 37 anos foi arremessada do ônibus e seu corpo atingido pelo trem, tendo morte imediata.  Outras 5 pessoas tiveram que ser atendidas nos hospitais. São eles:

    • Nildete Antunes Vitor, 58 anos. Estava consciente e orientada, apresentando corte profundo do lado direito da cabeça, fraturas no braço esquerdo e na clavícula direita. Foi transportada para o Hospital de Base de Brasília por meio da aeronave do CBMDF.
    • Júlio Botelho Fernandes, 28 anos. Estava inconsciente e instável. Foi transportado para o Hospital de Base de Brasília com traumatismo cranioencefálico grave.
    • Janderson Rodrigues da Costa, 47 anos. Foi transportado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital de Base de Brasília consciente e orientado, apresentando escoriações na face e nos braços.
    • Uma jovem de 19 anos foi transportada pelo Samu para o Hospital Regional da Ceilândia sem traumas físicos, apenas com crise nervosa.

 

O ônibus pertencia a empresa Marechal, fazia a linha W 3 Sul para o setor P-Sul em Ceilândia.

A perícia da Polícia Civil, da Concessionária da Linha férrea já estão fazendo os primeiros levantamentos para tentar concluir o que causou o acidente.

Com informações de Metrópoles, G1, Léo Lib relatou para “O Bocudo”